Bicicleta, um exercício para quem está acima do peso

Eleita pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o transporte mais ecológico do planeta, a bicicleta tem se tornado uma preferência cada vez maior entre os brasileiros. Várias cidades já contam com ciclofaixas, que funcionam todos os dias da semana, tornando possível usar a bike para ir ao trabalho, ao supermercado, à padaria e etc. Melhor que do que optar por um transporte sustentável é saber que ele é um exercício excelente para a saúde, principalmente para pessoas que estão acima do peso.

Quem sofre com obesidade e excesso de peso têm muita dificuldade para emagrecer, não apenas porque é difícil regrar a alimentação, como também existe muita dificuldade na hora de praticar exercícios. Isso acontece porque algumas das atividades mais indicadas para a perda de peso, como corrida e caminhada, podem causar sérias lesões em pessoas com sobrepeso devido ao impacto. A boa notícia é que pedalar não sobrecarrega nenhuma parte do corpo e em uma hora de exercício é possível eliminar cerca de 400 calorias.

Quer mais motivos para começar a pedalar? Então lá vai:

  • Colesterol e Triglicérides – Quem pratica essa atividade com frequência queima gorduras, o que faz com que ocorra a diminuição do colesterol ruim, o LDL e também dos triglicerídeos.
  • Infarto – O ato de pedalar irá tornar seu coração mais forte além de diminuir a glicemia, que controla o diabetes, um dos principais fatores de risco de infarto agudo do miocárdio.
  • Pressão Arterial – Se você sofre de pressão alta, esse é um ótimo exercício para controlar a pressão arterial. A frequência em pedalar tonifica os vasos sanguíneos, fazendo com que eles relaxem mais facilmente e, assim, contribuam para a diminuição da pressão.
  • Respiração – O esforço exige um aumento da frequência cardíaca, o que melhora a oxigenação dos pulmões e dos tecidos, aumentando seu fôlego e também sua resistência e desempenho aeróbico.
  • Imunidade – Pedalar ajuda seu organismo a se defender melhor, isso porque a melhora na contração cardíaca faz com que a produção de glóbulos brancos aumente, aumentando assim sua imunidade a vírus e bactérias.
  • Felicidade – A liberação dos hormônios da felicidade, que são a endorfina e a serotonina, aumentam, fazendo com que cresça também a sensação de bem-estar, alegria e relaxamento. Isso faz com que você tenha noites de sono com qualidade, além de diminuir a incidência de ansiedade e angústia, prevenindo a depressão.

Como Começar

Agora que você já está convencido de que pedalar é uma ótima ideia, é importante saber o que fazer para começar. Não saber qual bicicleta comprar ou quanto tempo pedalar por dia é comum. Afinal, cada pessoa tem um perfil e uma necessidade diferente e todos os fatores devem ser levados em consideração na hora de praticar um exercício.

  • Procure um médico – Essa dica é válida para qualquer pessoa com qualquer objetivo. Saber como está o seu estado de saúde é fundamental antes de começar a se aventurar em uma atividade física. Não existem muitas restrições para quem deseja pedalar, mas pessoas com problemas sérios dos joelhos, por exemplo, deverão realizar a atividade de forma menos intensa.
  • Monte o Treino – Cada caso é um caso. Por isso, antes de começar a pedalar converse com um profissional de educação física e peça orientações. O ideal é começar com treinos leves, de curta duração e ir aumentando gradativamente conforme for sentindo que seu corpo aguenta.

Na maioria das vezes, os profissionais indicam que o início seja de 10 quilômetros a uma velocidade de 20Km/h. Com treinos regulares (de duas a três vezes por semana) será possível chegar aos 30 quilômetros em pouco tempo. Se você se exercitar de forma leve e moderado, evitará as lesões e mal-estar.

  • Escolha a Bike – Nada de querer comprar uma bicicleta de atletas profissionais. Para quem está iniciando o modelo de mountain bike é perfeito, pois é confortável e permite um maior controle sobre ela. Preocupe-se em encontrar uma que seja adequada ao seu peso e altura. Um equipamento ruim pode provocar dores e lesões.

Invista também em equipamentos de segurança, como capacete, luvas e óculos. Tudo vai depender de quando e onde você irá pedalar. Se optar por usar a bike no trânsito, você também precisará de alguns equipamentos como buzina e luzes traseira e dianteira.

  • Escolha um local – Pedalar na rua, em parques, ou ao ar livre de forma geral pode ser muito mais prazeroso, além de estimular mais suas capacidades motoras de coordenação, como o equilíbrio, a destreza, reação e ritmo.

 

Por outro lado, as academias oferecem excelentes bicicletas indoor, que permitem maior concentração no exercício, melhor postura, além de oferecer mais conforto, como é o caso das Bicicletas Movement, que também são ideais para treinos mais intensos e aulas de spinning. Além disso você pode ter uma bike dessas na sua casa e fugir das desculpas climáticas para não praticar exercício. Ou seja, faça chuva ou faça sol, você pode pedalar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

11 − nove =